Pet-Friendly

A Pousada Hula-Hula Brazil em Icaraí de Amontada é Pet-Friendly. Temos dois cães e uma gata, todos sociáveis e acostumados a receber outros animais, crianças e adultos. Amamos animais, mas deixamos claro que não somos uma hospedagem para cachorros, onde o dono prende o animal no quarto ou deixa sob nossa supervisão para que o dono passeie durante o dia. Eventualmente podemos ajudar no que for necessário, mas não temos como atividade fim a hospedagem de animais. Atente ao fato que nem todo restaurante aceita animais e isso limitará sua estadia. Infelizmente nem todas as pessoas gostam de animais. Elas não são obrigadas a gostar. Precisamos entender, aceitar e respeitar. E assim também poderemos exigir o direito de sermos respeitados.  Há também quem tenha medo de animais, mas deixamos claro que temos animais na Hula-Hula e a maioria das pessoas não tem medo. Para uma boa convivência e a manutenção do serviço, temos algumas regrinhas básicas

  • Somente aceitaremos animais que tenham sido informados no ato da reserva, pois evitamos mais de um bangalô com animais;
  • Não aceitamos Pitbull e animais de médio e grande porte, infelizmente já tivemos experiências negativas com a raça Pitbull, desculpe!
  • O limite por acomodação é de 1 pet, consulte caso necessite levar mais de um.
  • Mantenha-o sempre na guia e sob a sua supervisão.
  • Procure conhecer as áreas do hotel onde a circulação está liberada. Dependendo da época, do tipo de animal e relação com outros hóspedes, liberamos que fiquem soltos.
  • A piscina do hotel não é para utilização de animais. Portanto, mantenha-o sempre sob controle quando estiver próximo desta área.
  • Lembre-se de que não somos num estabelecimento exclusivo para pets. É uma Pousada que se dispôs a abrir as portas e acolher os mascotes sortudos, como o seu;
  • Não permita que se aproximem dos outros hóspedes, se não for convidado. Ninguém é obrigado a engolir a justifica de que “ele é bonzinho….não faz nada”.
  • Não deixe seu animal sozinho no quarto. Ele pode causar danos ou latir de saudades e incomodar os outros hóspedes. Mas, se em algum momento, não houver alternativa, procure não prolongar esse período e minimize os riscos. Não deixe de avisar à equipe da recepção informando que deixou no quarto e peça para que eles entrem em contato com você em caso de qualquer anormalidade.
  • Ah, se eu não for muito amigável com pessoas que não conheço ou se eu for territorialista, melhor combinar com o pessoal da limpeza para só higienizar o nosso quarto quando você estiver com ele lá dentro. Há o risco dele atacar para defender o “ novo território”.
  • Ajude a manter a limpeza dos locais  mantendo as patas limpas e secas, não permitindo que o pet suba nos móveis, etc.
  • Leve seu pet para fazer as necessidades, de preferência, fora do hotel e recolha a sujeira “produzida”. Se ele fizer as minhas necessidades dentro do quarto, não se esqueça de dispor de jornais e/ou tapetes higiênicos.
  • Dentro ou fora do quarto, encarregue-se de recolher SEMPRE os dejetos e pergunte em qual lixeira você pode depositá-los, para não misturarmos ao lixo comum e nem propagar mau cheiro nas dependências.
  • Para dar banho, se necessário, não utilize o banheiro do quarto. Pergunte se há alguma mangueira disponível para esse uso. Não enxugue com as toalhas do estabelecimento!!! Traga as suas próprias toalhas na bagagem
  • Seja responsável por quaisquer incidentes ou acidentes causados pelo seu pet.